A dívida pública federal, que inclui os débitos do governo dentro do Brasil e no exterior, caiu 0,16% em setembro, para R$ 3,779 trilhões, informou a Secretaria do Tesouro Nacional nesta sexta-feira (26). Em agosto, a dívida somava R$ 3,785 trilhões.

Por Laís Lis, G1 — Brasília

26/10/2018

A queda deu-se pelo resgate líquido de títulos, ou seja, o resgate de títulos públicos superou as emissões de novos papeis em R$ 26,73 bilhões. O resgate, no entanto, foi parcialmente compensado por gastos de R$ 20,55 bilhões com juros.

A dívida pública é a emitida pelo Tesouro Nacional para financiar o déficit orçamentário do governo federal, ou seja, pagar por despesas que ficam acima da arrecadação com impostos e tributos.