A distribuição do JCP terá com base na posição acionária de 21 de dezembro de 2018.

Por Investing.com – Com Reuters.

19.02.2018

A Petrobras (SA:PETR4), por meio de fato relevante, divulgou que seu Conselho de Administração aprovou a 6ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, sem garantia, em até três séries, sendo que a existência de cada série e a quantidade de Debêntures a ser alocada em cada série será definida em procedimento de bookbuilding, no total inicial de R$ 3 bilhões.

De acordo com a companhia, as debêntures serão para distribuição pública, sob regime de melhores esforços, levando em consideração o procedimento indicado pela emissora co grande exposição no mercado.

A Oferta prevê a colocação de, no mínimo, R$ 1 bilhão, bem com a possibilidade de acréscimo de até 20%, ou seja, em até R$ 600.000.000,00.

As Debêntures da 1ª e a 2ª séries terão os recursos captados aplicados exclusivamente no projeto prioritário, cujo escopo é o exercício das atividades de exploração e avaliação na área dos blocos de Franco, Florim, Nordeste de Tupi e Entorno de Iara do Contrato de Cessão Onerosa e das atividades de desenvolvimento e produção de petróleo e gás natural nos campos de Búzios, Itapu, Sépia e Atapu, limitadas às atividades aprovadas pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Por sua vez, os recursos líquidos captados com as Debêntures da 3ª série serão destinados ao pré-pagamento de dívidas e o restante, caso haja, será destinado ao reforço de caixa para utilização no curso ordinário dos negócios da companhia.

As Debêntures serão distribuídas em regime de melhores esforços de colocação, por instituições financeiras integrantes do sistema de distribuição de valores mobiliários. As remunerações das Debêntures serão definidas após o procedimento de bookbuilding.

JCP

Além disso, o conselho da estatal também aprovou a distribuição de Juros sobre Capital Próprio (JCP) em um total de R$ 4,293 bilhões, correspondente a um valor bruto de R$ 0,05 por ação ordinária e R$ 0,70 por ação preferencial, será pago em até 60 dias após a Assembleia Geral Ordinária (AGO) a ser realizada em 25/04/2019.

A distribuição terá com base na posição acionária de 21 de dezembro de 2018, com os ativos entrando em ex-JCP na quarta-feira, 26 de dezembro. Os valores totais antecipados relativos ao exercício de 2018 totalizam, incluindo essa parcela, R$ 0,25 por ação ordinária e R$ 0,90 por ação preferencial.

As datas relevantes pertinentes aos ADRs da Petrobras negociadas na Bolsa de Nova York (NYSE), serão oportunamente divulgadas pelo The Bank of New York Mellon (NYSE:BK), banco depositário dos recibos da Petrobras na NYSE.

Os valores de R$ 0,05 por ação ordinária e R$ 0,70 por ação preferencial referentes ao JCP serão atualizados pela variação da taxa Selic, de 31/12/2018 até a data do efetivo pagamento.