Apesar de se distanciar da máxima, o Ibovespa estendeu sua reação positiva às sinalizações do Federal Reserve na quarta feira (30/01), mesmo ao levarmos em conta os dados ruins da economia chinesa. Além disso, falas de ministros sobre a inclusão de militares da reforma da Previdência animaram os investidores, que passam a ver uma chance maior de aprovação da proposta.

O Ibovespa subiu na última sessão de janeiro, 0,41%, aos 97.394 pontos, após chegar a 98.405 pontos, renovando sua máxima histórica intraday. O volume financeiro ficou em R$ 19,645 bilhões. Com isso, o índice encerra janeiro com valorização de 10,82%, seu melhor desempenho mensal desde janeiro de 2018, quando subiu 11,14%. No último mês, o Fundo de Investimentos em Ações Amaril Franklin entregou 7,56% de resultado positivo para seus cotistas, um pouco inferior ao desempenho verificado em todo o mercado.