Banco norte-americano vai deixar de ter uma operação de private banking local no Brasil. Acordo prevê potencial transferência de clientes.

Por Valor Online
01/09/2020

O Banco Bradesco confirmou nesta terça-feira (1) que firmou com o Banco J.P. Morgan um acordo de esforços conjuntos para viabilizar a potencial transferência na prestação de serviços locais aos clientes de Private Banking do J.P. Morgan que optarem por migrar para o Bradesco.

Conforme antecipado pelo ValorPRO nesta segunda, o J.P Morgan vai deixar de ter uma operação de private banking local no Brasil e assinou acordo por meio do qual indicará clientes ao Bradesco.

Segundo o comunicado, o J.P. Morgan continuará servindo seus clientes brasileiros como um Banco Global, disponibilizando uma plataforma de produtos e serviços no exterior.

O Bradesco afirma ainda no comunicado que “os clientes que optarem pela migração para o Bradesco Private Bank terão acesso a uma ampla gama de produtos e serviços, incluindo orientação sucessória e cambial, assessoria em ativos não financeiros e operações estruturadas”.

“As instituições atuarão em conjunto para comunicar o processo de transferência aos clientes, esclarecer eventuais dúvidas e obter as aprovações necessárias daqueles que optarem pela migração de seus portfólios para o Bradesco, destacando que o acordo aqui mencionado não prevê transferência de participação acionária entre o Bradesco e o J.P. Morgan”, acrescentou o Bradesco.

Conheça os nossos produtos!