Após disparada do dólar, BC anuncia intervenção de US$ 10 bi no câmbio para a próxima semana

BC afirmou que não vê restrições para que o estoque de swaps cambiais exceda “consideravelmente” volumes máximos atingidos no passado

14 jun, 2018 19h16, Infomoney

SÃO PAULO – Após ofertar US$ 24,5 bilhões e swaps cambiais esta semana e não conseguir segurar o dólar, que nesta quinta-feira (14) disparou 2,6% e superou a marca de R$ 3,81, o Banco Central informou que dará continuidade ao leilões diários, desta vez com uma oferta de cerca de US$ 10 bilhões na próxima semana.

Em comunicado, a autoridade disse que continuará “acompanhando as condições de mercado de câmbio e atuando para prover liquidez e contribuir para seu bom funcionamento”. O BC afirmou ainda que não vê restrições para que o estoque de swaps cambiais exceda “consideravelmente” volumes máximos atingidos no passado.

No fim da semana passada, o anúncio de intervenções mais fortes no câmbio fez com que o dólar recuasse 5,5% em apenas um dia, voltando para R$ 3,70. Já nos últimos dias, o BC trabalhou para segurar a moeda, que manteve este patamar até esta quinta, quando azedou mesmo com três leilões extras de swap.

Analistas já apontam que a forte atuação do BC criou um clima de especulação no câmbio e que o mercado tem “controlado” as taxas, forçando a autoridade a atuar sempre sem mudar a tendência de alta para os próximos meses. O risco é que o BC comece a ficar sem “munição” para atuar quando a volatilidade das eleições atingir o mercado.