A produção subiu apesar do recuo de 0,9% no mês na Alemanha, maior economia do bloco.

Por Reuters

13/03/2019

A produção industrial da zona do euro foi mais forte do que o esperado em janeiro, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (13), graças principalmente a uma forte contribuição de energia e apesar da queda na produção alemã.

A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, informou que a produção nos 19 países que usam o euro subiu 1,4% em janeiro sobre o mês anterior, e caiu 1,1% na base anual.

Economistas consultados pela Reuters esperavam alta mensal de 1% e recuo de 2,1% na comparação anual.

O resultado de janeiro foi influenciado principalmente por um salto de 2,4% na produção de energia na comparação mensal e de 4% sobre o ano anterior, o que ajudou a mitigar os resultados mais fracos na produção de bens intermediários e de capital.

A produção subiu apesar do recuo na Alemanha, maior economia do bloco. A Eurostat estimou que a produção industrial alemã caiu 0,9% no mês, contra recuo de 0,8% estimado pela agência alemã de estatísticas nesta semana.

×

Powered by WhatsApp Chat

× Como posso te ajudar?