Apesar da desaceleração, resultado veio superior ao das previsões dos analistas, sustentado por um forte consumo.

Por G1

26/10/2018

O crescimento econômico dos Estados Unidos desacelerou no terceiro trimestre com o Produto Interno Bruto (PIB) crescendo a uma taxa anualizada de 3,5%, ante um avanço de 4,2% no segundo trimestre. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (26), na primeira estimativa feita pelo Departamento de Comércio Americano.

Apesar da desaceleração, o resultado veio superior ao das previsões dos analistas, sustentado por um forte consumo, e economia dos EUA se manteve forte o suficiente para continuar no caminho de atingir a meta do governo Donald Trump de 3% neste ano.

Os EUA utilizam uma metodologia diferente da feita pela maioria dos países para a divulgação do PIB. No Brasil, por exemplo, o IBGE divulga o crescimento trimestral em relação ao trimestre imediatamente anterior e em relação ao mesmo período do ano anterior, e não a taxa anualizada.

Em relação ao trimestre imediatamente anterior, o PIB do 3º trimestre dos EUA avançou 0,8%.

A expansão econômica, agora em seu nono ano, é a segunda mais longa já registrada nos EUA e tem sido sustentada por um corte tributário de 1,5 trilhão de dólares e aumentos dos gastos do governo.

Mas os EUA também estão presos em disputas comerciais com outros parceiros comerciais e a desaceleração no terceiro trimestre reflete principalmente o impacto das tarifas retaliatórias de Pequim sobre as exportações dos EUA, incluindo soja, destaca a Reuters.